Buenos Aires - - Sábado 24 De Outubro

Home Turismo Tucumán Um fim de semana em Tucumán

Um fim de semana em Tucumán

Sergio Dobusin, um leitor de Ser Argentino de Misiones, propõe um plano imbatível.

Tucumán
Gosta da ideia? Sergio Dobrusin, leitor de Ser Argentino de Misiones, propõe o seguinte plano: sexta-feira à tarde/noite: chegada ao aeroporto de Tucumán e de lá a Raco (a apenas 40 km do aeroporto). Eles estarão esperando por nós com um incrível jantar regional: tamales, humita e obviamente tucuman empanadas. A aldeia de Raco está no meio do Yungas, uma combinação perfeita de montanhas e selva. Ficamos em “La Pedrera”, uma casa de uma família tradicional da área convertida em um pequeno lodge de 6 quartos, com um belo parque de quase 2 hectares, muito verde, quincho e uma piscina espetacular. Quer mais alguma coisa? Há: muito silêncio, bom serviço e tranquilidade. Sábado relaxamos na piscina, e se tivermos espírito de aventura, fazemos uma caminhada ou um passeio a cavalo pela área, apreciando as Yungas, as montanhas e vistas espetaculares. Não nos levará mais de 4 horas.À tarde, algo diferente: 13 km. de Raco é Siambón, uma bela aldeia de montanha, lar de um mosteiro beneditino no topo de uma colina. Podemos visitá-lo e também comprar seus autênticos produtos regionais: doces, alfajores, mel e até vinhos. O corolário, incrível: todos os dias, às 18:40 pontuais, os monges encantam-nos com a missa cantada, o famoso Canto Gregoriano. Seguem o princípio de Santo Agostinho: “Aquele que canta bem reza duas vezes”. Um momento muito especial, de grande valor espiritual e ecuménico. Eu sou judeu, mas estar lá, naquele ambiente mágico, naquele mosteiro de pedra no topo da colina, ouvindo aqueles monges cantarem, emociona todos, independentemente da crença. No domingo, se dirigir é o que gostamos: San Javier, Villa Nougues e Yerba Buena, três lugares incríveis nos arredores de San Miguel de Tucumán. Historicamente, são as tradicionais moradias de verão do Tucuman, com suas casas imponentes que dão um cenário muito particular para o passeio marítimo. Ao meio-dia, um rico assado acompanhado com um bom vinho dos vales de Calchaquíes para fechar a visita com tudo. À tarde, de volta para casa. Ficamos duas noites em Tucumán, e voltamos completamente renovados: natureza, cultura e relaxamento. Do que mais precisamos?

Data de publicação: 04/11/2018

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Argentinos em todo o mundo
Feminismo obra Uma água-viva em Nova Iorque

O trabalho do argentino Luciano Garbati foi colocado em um parque na cidade. O mito da Medusa, com u...

Pegada Solidária
Gran Gala por los Niños 2020 Grande Gala para Crianças 2020

Chega o terceiro evento de caridade organizado pela Fundação Julio Bocca, Manos en Acción e Children...

História
 Justo José de Urquiza Urquiza, arquiteto da Nação

Outubro é também o mês de Justo José de Urquiza, um estadista entrerriano que colocou a Pátria à fre...

Tradições
Olimpíadas culturales A Olimpíada Cultural tem a sua festa

Maggiolo é uma pequena cidade em Santafesino onde se realiza um festival muito original: o da Olimpí...

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias