Buenos Aires - - Sábado 19 De Setembro

Home Pessoas Esportes Fed Cup: Argentina manteve a categoria

Fed Cup: Argentina manteve a categoria

A equipe feminina de tênis argentina que está participando da Fed Cup, venceu o Equador 2-1 repescagem e avançou rodada.

Esportes
fedcup

A equipe argentina da Fed Cup conseguiu garantir sua permanência na Zona Americana I, batendo o Equador por 2-1 na repescagem. Assim, com um saldo de duas vitórias e duas derrotas, as meninas fecharam sua participação na edição 2019 com uma experiência positiva no início de um novo ciclo, que marcou não só a estréia de Mercedes Paz como capitão, mas de dois jogadores: o jovem Jazmín Ortenzi e Carla Lucero.

Como 3º no Grupo B, a Argentina enfrentou o Equador neste sábado (4º no Grupo A) em uma série para ratificar seu lugar na categoria e não teve dificuldade em impor a hierarquia de seus singlists. Primeiro, Catalina Pella (385 do ranking WTA) bateu 16 anos Mell Reasco 7-5 e 6-2.

Victoria Bosio (317) não conseguiu confirmar a força que tinha mostrado na sexta-feira para vencer contra a brasileira Beatriz Haddad Maia uma das melhores vitórias de sua carreira, e caiu contra Charlotte Roemer (61º no novo ranking da ITF) 0-6, 7-5 e 7-6 (1).

Sem tempo para se arrepender, Bosio voltou à quadra para jogar, juntamente com Catalina Pella, as duplas decisivas. Em frente também estavam os dois singlists da equipe rival: Reasco e Roemer. A vitória argentina não foi longa, e depois de 53 minutos de jogo as meninas ganharam 6-1 e 6-2.

No Club Campestre de Medellín, Colômbia, Argentina lutou igualmente contra todos os rivais ao longo da semana, que teve pontos altos como o triunfo sobre Porto Rico (apresentou em suas fileiras o melhor jogador do torneio, Monica Puig, 58 do mundo e campeão olímpico no Rio 2016), triunfo de Bosio sobre Haddad Maia (foi 58 do WTA e atualmente ocupa 172) e a série completa contra o Brasil, que foi vencida por um 2-1 apertado e este sábado foi coroado campeão.

O Brasil, que venceu o Paraguai por 2-0 na final, ganhou o direito de competir, em abril, pela repescagem pela promoção contra uma equipe do Grupo Mundial II. Enquanto isso, a outra equipe que perdeu a categoria foi Porto Rico, que caiu 2-1 contra a Colômbia. O pódio foi completado pelo Chile, que venceu o México por 2-1.

Aqui está o equilíbrio dos protagonistas:

 Mercedes Paz  (capitão): “Estou super feliz pelo triunfo de hoje. Uma pena porque Vito (Bosio) tinha muita fé, que começou a ganhar 6-0, então se complicou no segundo set e acabou perdendo 7-6 no terceiro. Cata (Pella) venceu um jogo muito importante sem ter jogado tão bem e, em seguida, nas duplas, os dois mostraram seu melhor nível. Sou super grato à AAT que confiou em mim, às meninas que me permitiram compartilhar esta semana, o que foi super intenso, muitas emoções e muita aprendizagem, já que não tem nada a ver com ser jogador com ser capitão. Então estou muito feliz e mais do que nunca para continuar a acompanhar o tênis feminino. Quero agradecer também todo o apoio que tive dos antigos jogadores número um da Fed Cup, que nos acompanharam desde o primeiro minuto, desde Gaby Sabatini até Raquel Giscafré. Para Flor Labat, porque ela era uma excelente cadeira de delegação; para Viviana Gentile, que era uma excelente líder de equipe; e para Andrea Passalenti, que foi fundamental para colocar as meninas em excelente estado todos os dias.”

 Catalina Pella:  “Meu equilíbrio é positivo porque atingimos o objetivo de permanecer na categoria. Estou feliz com o desempenho de Vito, com todos os seus jogos super difíceis, assim como o resto da equipa. Eu não me senti muito confortável jogando meus singles, mas em duplas eu acho que eu poderia jogar muito bem. Além disso, eu estava muito confortável com Mecha, que eu não sabia além do que ela fazia como jogador. Eu também amei Flor (Labat), contribuindo com todo o seu conhecimento. Por tudo isso tomo algo muito positivo esta semana, e estou muito grato à Associação Argentina de Tênis por tê-los enviado conosco.”

 Victoria Bosio:  “A verdade é que foi uma semana espetacular além dos resultados. Fomos capazes de permanecer na área do Grupo Americano e estou muito feliz pela equipe que formamos e por tudo o que colocamos nele. Temos uma zona difícil, com o Brasil, Chile e Porto Rico, e jogamos peer-to-peer com todos eles, então essa era a coisa mais importante. Também estou muito feliz por ter sido capaz de jogar e defender as cores do país, e muito grato, não só com a equipe, mas com a delegação e com a AAT que confiou em nós.”

 Jazmín Ortenzi:  “Estou muito feliz pela grande semana que fizemos. Temos uma zona muito difícil, e as garotas deixaram tudo na quadra. Também desisti de tudo o que tinha quando tinha de jogar. E é por isso que quero agradecer a todas as pessoas que fizeram parte dessa equipe e àqueles que nos encorajaram de fora.”

 Carla Lucero:  “Foi uma semana incrível, super positiva para a equipe, por ter conseguido manter a categoria apesar da dificuldade das equipes que nos tocaram na área. Jogos surpreendentes foram jogados e de fora eles viveram com muita emoção todos os jogos. Pessoalmente, gostaria de agradecer a Meca, Flor e a todos aqueles que tornaram possível esta chamada. Foi uma das experiências mais bonitas que tive para viver na minha carreira profissional.”

 Florencia Labat  (presidente da delegação): “Foi um bom encerramento esta semana, ficamos no grupo, o que foi muito importante. As oito equipas que vieram para Medellín estavam todas muito equilibradas. Na verdade, no outro grupo três países acabaram empatados. Havia meninas de um nível muito semelhante, que ganham umas às outras de acordo com quem é melhor naquele dia. Nossas meninas jogaram muito bem, em algumas partidas enfrentaram rivais de classificação superior e conseguiram jogar peer-to-peer. Isso eu acho que vai ajudá-los e ajudá-los para as próximas competições, e para convencer-se de que eles jogam muito mais do ranking que eles têm hoje. Espero que eles possam capitalizar e ter um ótimo ano no circuito.”

AAT de origem

Data de publicação: 13/02/2019

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Música
Coral Campopiano Coral Campopiano: uma vida de sonhos e luta

Com uma brilhante carreira musical nos Estados Unidos, Coral Campopiano voltou ao país e liderou uma...

Tradições
Teatro griego en Mendoza O teatro grego de Mendoza

Histórico. Toneladas de concreto sobre as colinas. O teatro grego só existe para sediar o Festival d...

Argentinos em todo o mundo
El viaje de Pampa A viagem de Pampa

Belén, Roberto e Pampa saíram na estrada em um 59 combi. Contamos a história dele.

Turismo
O Fetur está chegando

Ser Argentino é patrocinador e participante da primeira feira de turismo virtual na Argentina.

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias