Buenos Aires - - Sábado 19 De Setembro

Home Pessoas Espetáculos Um grande filme para homenagear o grande cinema

Um grande filme para homenagear o grande cinema

O humor mais ácido, ironias, intrigas, performances notáveis e um roteiro que é gradualmente descoberto para surpreender.

Espetáculos
El cuento de las comadrejas

Fazer um grande filme não só faz bem aos seus espectadores, mas também faz bem ao cinema, porque o honra, faz transcender e de alguma forma também lhe dá prosperidade, como contribui para o amor do público pela sétima arte.

 Juan José Campanella  nos tem bem acostumado, seus filmes transmitem seu amor pelo cinema e espalhá-lo, eles são maciços e assumir valores sociais cotidianos e mobilizando. “O Filho da Noiva” (2001), “Lua de Avellaneda” (2004) e “O Segredo de Seus Olhos” (2009) são três exemplos muito bons.

Mas em “ The Tale of the Wasels” seu amor foi um pouco mais longe , porque através de um remake ele procurou não só manter sua notável qualidade de trabalho, mas honrar seus mestres e referências do cinema. O primeiro deles é José Martinez Suarez, seu primeiro e grande mestre de quem levou o notável “Los Muchachos antes não usaram Arsênico” (1976) para fazer uma nova versão, respeitando seu DNA e aggiornandola, conforme apropriado, conseguindo um filme tão cativante quanto agradável.

Este ponto vem suas referências e homenagens que também leva as referências originais de “Los Muchachos...” em “Sunset Boulevard/The Sunset of a Star” (1950), o extraordinário e dramático filme de Billy Wilder (referente de José e Juan), embora em casos locais estejamos falando de comédias negras.

 Um elenco poderoso  com  Graciela Borges , Luis  Brandoni , Oscar Martinez e Marcos Mundstock, acompanhados por Nicolas Francella e espanhol Clara Lago. O humor mais ácido, ironias, intrigas, performances notáveis e um roteiro que está gradualmente descobrindo surpreender tanto quanto a história mais precisa.

Las Wasels é o título que José teria dado ao seu filme original, parabéns a Juan Jose por este novo e agradável filme, por manter viva a memória do cinema e por amá-lo tanto.

Data de publicação: 16/05/2019

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Música
Coral Campopiano Coral Campopiano: uma vida de sonhos e luta

Com uma brilhante carreira musical nos Estados Unidos, Coral Campopiano voltou ao país e liderou uma...

Tradições
Teatro griego en Mendoza O teatro grego de Mendoza

Histórico. Toneladas de concreto sobre as colinas. O teatro grego só existe para sediar o Festival d...

Argentinos em todo o mundo
El viaje de Pampa A viagem de Pampa

Belén, Roberto e Pampa saíram na estrada em um 59 combi. Contamos a história dele.

Turismo
O Fetur está chegando

Ser Argentino é patrocinador e participante da primeira feira de turismo virtual na Argentina.

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias