Buenos Aires - - Sexta 18 De Setembro

Home Pessoas É assim que somos “Os argentinos ainda precisam ser mais profissionais”

“Os argentinos ainda precisam ser mais profissionais”

“Eu sinto que os argentinos gostam de trabalhar por um ano e depois pensar em descansar”

É assim que somos
Estou trabalhando em uma multinacional francesa, modernizando o metrô de Buenos Aires. Eu tinha vindo em 2011 e 2015 por um curto período de tempo, agora eu me estabeleci com a família. E estou surpreso como a vida é cara, mesmo com as últimas mudanças econômicas. Conheço muita gente no país e poupo a hospitalidade: apesar de ter assumido o cargo de argentino, supostamente, nunca senti discriminação. Em nível profissional, acho que os argentinos ainda não têm de ser mais profissionais; por uma razão as multinacionais trazem especialistas de outras nacionalidades. Eu sinto que os argentinos gostam de trabalhar por um ano e depois eles pensam em descansar. Poucos são aqueles que conheço que são responsáveis pelo trabalho ou que se preparam para novas empresas. Marcos, Brasil 

Data de publicação: 02/10/2018

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Música
Coral Campopiano Coral Campopiano: uma vida de sonhos e luta

Com uma brilhante carreira musical nos Estados Unidos, Coral Campopiano voltou ao país e liderou uma...

Argentinos em todo o mundo
La abuela viajera A avó viajante que vendeu tudo para visitar a América Latina

Saiba mais sobre a emocionante história de Sara que, aos 80 anos, decidiu começar uma nova vida e pe...

Tradições
Córdoba O dia da bandeira aqui é 18 de setembro

Aqui, é assim: todo dia 18 de setembro, o dia da bandeira é celebrado. Mas não é uma bandeira qualqu...

História
Félix Paz Felix Paz, governador do fim do mundo

Felix Paz foi o primeiro governador do território nacional da Terra do Fogo.

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias