clima-header

Buenos Aires - - Sexta 22 De Janeiro

Home Pessoas É assim que somos O perigo do fanatismo

O perigo do fanatismo

Não quer dizer que não o vimos chegando.

É assim que somos
Ele circula um vídeo nas redes (eu amo o sintagma “redes” como algo quase abstrato, o que não importa as pessoas que realmente as constituem) em que uma reunião é vista (será dito massa?) das pessoas que frequentam o templo evangélico da Avenida Corrientes, na cidade de Buenos Aires. Embora seja um dos mais conhecidos, o movimento está presente em todo o país há muitos anos. Estes pastores em particular têm origem brasileira, mas não duvido que haja de todas as latitudes e, claro, muitos deles argentinos. Mas eu quero parar nos detalhes de que estes são brasileiros, eles vão ver o porquê. Ele disse, um vídeo está circulando nas redes em que no meio da massa aparece um exército (que é a palavra que eles usam) chamado “Gladiadores do altar”. Este exército tem um uniforme (camisa verde militar incluída) e eles caminham fazendo barulho com seus calcanhares, como qualquer desfile que o representa. No momento, eles não têm armas, mas dadas as últimas declarações do Ministro da Segurança da Nação, não sei quanto tempo eles permanecerão desarmados. De acordo com a mesma organização, o propósito do exército religioso é “servir a Deus no altar”, “fazer toda a sua juventude e sua vida, seu presente e seu futuro à disposição de Deus”. O locutor de vídeo motivação afirma que “eles vão desistir de muitas coisas para ser preparado por Deus” e fecha com a frase, um pouco apocalíptico, “eles vão fazer o inferno tremer.” Por que ele estava dizendo a importância de essa organização em particular ser brasileira? Porque recentemente, os irmãos latino-americanos escolheram um candidato que, no mínimo, é um pouco excêntrico, e, puxando o filtro de mim, é um fascista insano. E ele chegou ao poder por uma combinação que me aterrorizou pessoalmente: mídia mais forças armadas (ele próprio é um membro efetivo de retiro) e, aqui está o detalhe, um apoio muito importante dos movimentos religiosos. Eu acho que você precisa ter cuidado quando os fãs se multiplicam, porque quando eles recebem um número significativo eles são muito difíceis de parar. Então não significa que não o vimos chegando.

Data de publicação: 11/11/2018

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

cat1-artículos

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


default
Por: Monica 16 novembro, 2018

Medio tomado de los pelos tu comentario...mezcla de ignorante con animo de ridiculizar. Asi opinan los que tienes esa "intencion".

default
Por: Monica 16 novembro, 2018

Tienen...ningun dato certero...ningun fundamento...solo comentarios aislados...soy ciudadana argentina evangelica e instruida...sirvo a Dios sirviendo a la comunidad...porque serian fanaticos los evangelicos???

2020/06/Hipolito-Azema-Nacho-Damiano.jpg
Por: Hipolito Azema 06 dezembro, 2018

Estimada Mónica, yo no dije que los evangélicos son fanáticos. Dije que ESTOS evangélicos son fanáticos. ¿Todos los muslmanes son terroristas? Desde ya que no. ¿Todos los católicos forman parte de la inquisición? No. El problema nunca está en las religiones. Está en los fanatismos. Por otro lado, la relación entre Bolsonaro y las iglesias evangélicas brasileñas es indiscutible. Y la relación entre Bolsonaro y las armas también es indiscutible. Entonces, ver un video de un "ejército religioso" (insisto en que la palabra es de ellos, no mía) en pleno Almagro, teniendo en cuenta la coyuntura de la región, me parece, por lo menos, inquietante. ¡Saludos y gracias por su respuesta!

Deixe um feedback


Comentários

Editorial
ranking usuarios Serargentino.com começa a recompensar os leitores!

Queremos recompensar os leitores que nos transformaram nos interesses argentinos mais crescentes e l...

Empresas e Negócios
planta renault Mais de meio século em Córdoba

Nós contamos a história de uma das plantas de automóveis mais famosas do mundo, que foi instalada pa...

Argentinos em todo o mundo
clandestino lab A segunda parte do Nahue Clandestino e seu projeto de reciclagem

Continuei encontrando o Neuquino que deixa sua marca da América Central.

Tradições
Villa General Belgrano (Córdoba) - Javi Circo - Somos Camino Villa General Belgrano: Capital Nacional da Cerveja e Festival

Neste novo capítulo de Somos Camino, junte-se a nós para visitar Villa General Belgrano com Javi Cir...

fm-barcelona

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias