Buenos Aires - - Terça 22 De Setembro

Home Argentina Política e Economia Este domingo começa a publicidade audiovisual eleitoral para o PASs

Este domingo começa a publicidade audiovisual eleitoral para o PASs

Será prorrogado até o início da ordem fechada em 9 de agosto, dois dias antes das primárias do PASO.

Política e Economia
Elecciones

Este domingo começará a transmissão de publicidade eleitoral em mídia audiovisual (rádio e TV) em todo o país, que se prolongará até o início da ordem fechada em 9 de agosto, dois dias antes das primárias do  PASO .

São 62.687 horas de publicidade de campanha, distribuídas entre todos os grupos políticos, de acordo com o Sorteio Público de Publicidade Eleitoral realizado na segunda-feira passada pela Direção Nacional Eleitoral (DINE), que informa o Ministério do Interior, Obras Públicas e Habitação da Nação.

“Para esta eleição, introduzimos e promovemos várias reformas destinadas a garantir mais transparência e justiça na eleição”, disse  Adrián Pérez , secretário de Assuntos Políticos e Institucionais desse portfólio.

O funcionário afirmou que a lei de financiamento da política foi aprovada este ano a pedido de   Cambiemos     “ campanhas de forma transparente e impõe mais restrições aos funcionários do governo para realizar atos ou anúncios do governo durante o período da campanha.”

“O debate obrigatório entre candidatos presidenciais também será implementado pela primeira vez e ampliamos o direito de voto dos argentinos residentes no exterior com a possibilidade de fazê-lo pelo correio”, lembrou  Pérez .

Ela também ressaltou que a paridade de gênero será aplicada para garantir a igualdade entre homens e mulheres candidatos ao cargo no  Congresso .

“Eliminamos os colecionadores, para evitar confundir o eleitorado, e trabalhamos para tornar a contagem provisória mais eficiente e transparente, com a transmissão de telegramas das escolas para que os partidos possam controlar todo o processo”, acrescentou o funcionário.

Na campanha audiovisual que começa neste domingo, da área que comanda Pérez detalhou que os avisos serão transmitidos em 3.166 mídia em todo o país: 2,137 AM e rádios FM, e 1.029 serviços de TV a cabo e aberta e para que cada estação teve que dar livre 36 minutos por dia, de acordo com a lei.

Também foi definido que a publicidade será transmitida entre 7 e 1 no dia seguinte, de acordo com uma distribuição em quatro slots: 0 para 11, 11 para 16, 16 para 20 e 20 para 1.

A publicidade será dividida por tipo de candidatos nacionais: 50% será para promover  presidente  e vice-presidente, 25% para senadores e 25% para deputados.

Mas em províncias onde há eleições simultâneas para governador (como  Buenos Aires ), 40% do espaço permanecerá para a fórmula  presidencial  e  , 15 por cento para os senadores nacionais, 15 por cento para os deputados nacionais, 20 por cento para o governador e vice-fórmula, e 10 por cento para os legisladores provinciais. 

Enquanto isso, os partidos políticos começaram a mostrar diferentes pontos nas redes sociais, e seus seguidores também circularam materiais de campanha.

Ontem, um vídeo da frente oficial  Together for Change foi  conhecido sob o título “Você quer voltar?”, mostra os trabalhos anteriores e posteriores realizados em diferentes locais, como rotas, aeroportos, centros de transbordo de passageiros, estações e trilhos ferroviários em todo o país.

Como áudio você ouve a voz dos jovens que escreveram o presidente   Mauricio Macri  há alguns dias na Suíça, perguntando-lhe “uma foto, uma foto”, e depois repreende-lo como ele se aproximou. E continua com a entonação da canção  kirchnerista  “Vamos voltar”.

“Você quer voltar?”, fecha com texto superimpresso o vídeo, que dura 36 segundos e foi viralizado em redes sociais de apoiantes do  Governo .

Também esta semana, a  Frente de Todos  (que postula a fórmula  Alberto Fernández-Cristina Kirchner  ) viralizou um novo local onde promete o “retorno do asadito”.

No vídeo assinado " Alberto e Cristina " você vê um homem tomando companheiro, com um rosto maçante, com uma grade não utilizada e cheia de coisas. “O bom é que em pouco tempo tudo isso vai melhorar”, conclui a peça audiovisual de um minuto.

Enquanto isso, o ponto do Consenso Federal é chamado de “Experiência e Futuro”, e pergunta: “Você vai deixá-los voltar? Você vai deixá-los ir?” com imagens de   Macri  e  Cristina   , e finalmente apela para o slogan: “Nem voltar ao terrível passado, nem continuar a sofrer o presente angustiante. Há um futuro.”

Fonte: Télam

Data de publicação: 07/07/2019

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Argentinos em todo o mundo
 Karen Hallberg Uma Jujena no topo da ciência

A cientista argentina Karen Hallberg foi eleita para o Conselho de Representantes da Sociedade Físic...

História
La calesita: orgullo argentino La calesita: orgulho argentino

Um retorno para a alegria das crianças que não bateram a televisão, jogos de vídeo ou smartphone. E...

Tradições
alpargatas Como é bom estar em alpargatas

Mudando um pouco a letra para a frase da canção, uma verdadeira tradição Santafesina é fielmente exp...

Espetáculos
famosos-mensajes Celebridades que cobram por uma saudação virtual

Esta é uma nova forma de trabalho à qual várias figuras do show argentino já se juntaram. Eu sei que...

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias