Buenos Aires - - Sábado 19 De Setembro

Home Argentina Música Vamos ser música

Vamos ser música

Com talento e vontade, Marce Sangiao faz seu caminho no mundo da música.

Música
seamos música

Quantos de nós puseram de lado o que sempre quisemos fazer por medo ou insegurança? Quantas vezes a estabilidade pesava mais do que sonhos? Vivemos priorizando o que não é a coisa mais importante, agarrando com unhas e dentes a uma realidade que é confortável para nós, mas que não nos faz felizes. Que tal um dia chutarmos o tabuleiro? E se correr bem?  Marce Sangiao  se fez essa pergunta há alguns anos e ele tem uma palavra para resumir aquele momento chave em sua vida, o ponto de viragem, quando tudo que até então só ecoava dentro dele o empurrou para iniciar o caminho que ele encontra hoje: Ikigai  .

 Ikigai, em japonês, significa algo como “essa razão para acordar todas as manhãs”. O propósito.  Seu propósito sempre foi claro:  viver da música  . Expressem-se através da música e compartilhem com qualquer um que queira ouvir o poder de cura dessa arte. Mas, por muitos anos, esse desejo estava quieto dentro dele, com muito medo de sair.

Originalmente de  San Antonio de Pádua , no oeste de Buenos Aires, desde a infância Marce tinha sentido uma conexão com a música e seu instrumento mais amado: a  guitarra . Em 1998, como presente de aniversário antecipado, seus pais o matricularam em aulas de guitarra com um grande profissional:  Gabriel Maccioco , membro do Duo Fantasy. Com ele aprendeu acordes, escalas, arranhões e arranjos com a  guitarra , e também aquela paixão pela música que compartilhavam. No ano seguinte,  ele trouxe para seu professor a primeira canção que havia escrito. Na frente dele, ele não tinha vergonha de cantar, mas — quando o público era outro — seus medos voltaram.  Em vez disso, como placebo, sua capacidade de tocar guitarra, de arpegiar canções cresceria. É como deixar a guitarra cantar para ele.

 Um empurrão muito necessário 

Alguns anos depois, em 2013, Marce recebeu uma visita muito especial. Seu amigo, músico, pianista e produtor,  Juan Carlos Cibas , veio cumprimentá-lo depois de 10 anos. Ele o exortou a não desistir sem fazer tudo o que tinha que fazer para dar o salto que tanto desejava. Eles tiraram uma foto, que Juan Carlos compartilhou em suas redes:  “Com um  talento , embora ele não saiba”. Assim, sem perceber, ele lhe deu o toque sutil que Marce precisava para semear essa ideia que começou a criar raízes:   “Posso ser aquele grande músico que sonhava em ser criança”. 

Em 2015, o segundo e último impulso veio.  Rafa nasceu, seu filho.Longe de orientá-lo a procurar uma vida mais estável e segura, o nascimento de seu primogênito confirmou mais do que nunca que ele tinha que lutar pelo que queria.  Ele queria dar-lhe o exemplo de que, aconteça o que acontecer, seja o que for, ele iria em frente para seus sonhos.

 O início de um grande sonho 

2018 foi o ano da dobradiça em sua carreira. Um grande amigo que abriu um bar recentemente o convidou para aparecer em sua casa.  Dois dias depois, eu estava tocando ao vivo pela primeira vez.Então, ele conheceuJavier Barreto , que o ajudariaa gravar os três álbuns que hoje são uma realidade.  Ele pegou suas músicas e fez arranjos para começar a gravar, em julho daquele ano, suas primeiras músicas de estúdio.

Hoje, com alguns planos interrompidos pela pandemia,  Marce Sangiao  se vê compondo novas músicas, tendo aulas de canto, realizando aulas, revisando e organizando as músicas do álbum  Oho!para apresentações ao vivo, tendo aulas de piano.  Ele também está aparecendo — através de sua conta no Instagram  @_BeMusic — todos os sábados, em um ciclo chamado #Fogon #EnVivo #EnCasa. Lá ele canta suas músicas e alguma capa, com convidados e surpresas.

 Primeira pessoa 

Escrevo como vivo. Com um romantismo apaixonado que durante muitos anos tentei desdobrar de um conta-gotas. Por muitos anos, cheguei a pensar que a minha ideia “romântica” de vida e coisas que me aconteceram estava fora do tempo e do espaço.

E foi muito mas muito recentemente que eu pude perceber que não era ruim e que, de fato, foi muito bom para mim! Percebi que, ao ver, ouvir e sentir a vida, com seu chiaroscuro, naquele super complexo ying e yang, é a maneira que quero viver, ser eu mesmo, ser quem sou.

Em minhas músicas você será capaz de ouvir emoções cheias de pele, de todas as cores, em estilos musicais variados, com diferentes tons, maiores e menores, com diferentes sabores, mais sempre cheios de sentimentos.

Acho que minha música me pinta todo o corpo e alma. Se ouvir atentamente as minhas músicas, terá em suas mãos um mapa onde poderá me encontrar de ponta a ponta.

 Vamos ser música. Vamos ser mágicos. Seja Música. 

Data de publicação: 02/08/2020

Compartilhar
Classifique este item
5.00/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Por: MarceSangiao 04 agosto, 2020

Gabriela!! y a todo serargentino.com ... quiero decirles GRACIAS!! Sobre todo y muy especialmente a Gabriela, que de manera tan linda contaste mi historia, que se está construyendo día a día, paso a paso, viviendo mi sueño, haciendo realidad mi Ikigai como bien contas! Espero que muy pronto tenga mas noticias, mas novedades para contarles y compartirles!! y que algún día este muy feliz y orgulloso de contarle al mundo que aquí escribiste por primera vez sobre mi música, sobre mis inicios, sobre lo que es para mi #SerMusica De nuevo! mil gracias! Espero que muchos disfruten de la nota, que los motive tambien a despertar y vivir sus propios IKIGAI y que escuchen mis canciones por spotify, youtube... me sigan en las redes, en Instagram (@_BeMusic) o por la web www.BeMusic.com.ar Gracias por este espacio hermoso!! #SeamosMusica #BeMusic Marce Sangiao

Por: Gabriela Saavedra 04 agosto, 2020

En respuesta a MarceSangiao

Gracias a vos, Marce, por compartir con nosotros tu historia. Seguro inspirará a más de uno. ¡Mucha suerte!

Deixe um feedback


Comentários

Música
Coral Campopiano Coral Campopiano: uma vida de sonhos e luta

Com uma brilhante carreira musical nos Estados Unidos, Coral Campopiano voltou ao país e liderou uma...

Tradições
Teatro griego en Mendoza O teatro grego de Mendoza

Histórico. Toneladas de concreto sobre as colinas. O teatro grego só existe para sediar o Festival d...

Argentinos em todo o mundo
El viaje de Pampa A viagem de Pampa

Belén, Roberto e Pampa saíram na estrada em um 59 combi. Contamos a história dele.

Turismo
O Fetur está chegando

Ser Argentino é patrocinador e participante da primeira feira de turismo virtual na Argentina.

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias