clima-header

Buenos Aires - - Terça 26 De Janeiro

Home Argentina Conhecimento Mais de 600 pessoas aprenderam negócios na Universidade Nacional de La Plata

Mais de 600 pessoas aprenderam negócios na Universidade Nacional de La Plata

Na Escola de Negociações não é exclusivo ter ensino secundário.

Conhecimento

Mais de 600 pessoas, muitas delas sem estudos completos, aprenderam o comércio como eletricista, soldador, mecânico e cuidador de idosos, na Escola de Artesanato que depende da Universidade Nacional de La Plata, relatou aquela casa de estudo.
“ Esta Universidade não só oferece treinamento de graduação e pós-graduação, mas também busca oferecer oportunidades à sociedade como um todo com uma proposta de educação formal alternativa e de qualidade que é modelo no sistema universitário argentino”, disse o presidente da UNLP, Fernando Tauber.
Tauber liderou a entrega de certificados de graduação com o vice-presidente institucional Marcos Actis, pró-secretária de políticas sociais da UNLP, Maria Bonicatto, e o diretor da Escola de Ofícios, Sergio Serrichio, em cerimônia no Centro Regional de Extensão Universitária em Berisso, na avenida 60 e 130, de La Plata.
O chefe da UNLP salientou ainda que “a UNLP é uma fábrica de oportunidades para milhares de homens e mulheres que não acessam o ensino superior, mas que encontram em nossas propostas alternativas de formação uma ferramenta para o progresso. Esta Escola já é uma universidade dentro da Universidade, é o carro-chefe do nosso modelo de inclusão para o desenvolvimento da região.”
Cerca de 606 alunos completaram os 27 cursos de formação que foram ministrados durante o ano passado. Os cursos mais exigidos foram assistentes em cuidados de idosos (75 egressos), cuidados a idosos dependentes (56 egressos), assistente em segurança industrial e higiene (44 diplomas), montagem e instalador de eletricista (40 diplomas), soldagem (40 graduados) e mecânica automotiva (32 graduados).
Havia também comércios de montagem elétrica doméstica, assistente elétrico industrial, reparação de PC, confeitaria artesanal, terceiro gasista, montagem de instalações de gás, vestuário sob medida, carpintaria, montagem de móveis, montagem e montagem de painéis e tetos de rocha e gesso cartonado, cozinha de restaurante, peão e esporte equino varador, casa serralheiro, limpeza institucional e manutenção de espaços verdes.
A proposta tem como característica de saída que os candidatos não são necessários antes da conclusão do ensino primário ou secundário como condição.
Além dos diplomas, os graduados também receberam um kit de ferramentas para exercerem a profissão que aprenderam.

Fonte: Telam

Data de publicação: 22/03/2019

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

cat1-artículos

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Arte e Literatura
María Teresa Andruetto La Tere, dar-lhe mundos

Nós contamos a história de vida de um dos letrados icônicos da província do Mediterrâneo. Uma mulher...

Nostálgico
cacano bar Cacano Bar, bandas de bar e outra coisa

Na década de 2000, foi o rock bar por excelência. Figuras como Charly García ou Juanse brilhou no pa...

Arte e Literatura
E. Zolo Um Posto Cultural para proporcionar acessibilidade à arte

O que antes era um jornal e um estande de revistas tornou-se um Posto Cultural. A iniciativa de um r...

Tradições
Rafaela Feliz aniversário, Rafaela!

Hoje celebra Rafaela, que não é uma mulher, mas a terceira cidade mais importante de Santa Fé.

fm-barcelona

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias