Buenos Aires - - Quarta 21 De Outubro

Home Argentina Ambiente Argentina avança para a expansão das zonas de proteção marinha

Argentina avança para a expansão das zonas de proteção marinha

A lei para a criação de dois parques marinhos no sul da Argentina recebeu meia sanção na Câmara dos Deputados. Será discutido no Senado em 12 de dezembro e, se aprovado, permitirá ao país triplicar suas áreas de proteção nos mares.

Ambiente
A Câmara Nacional dos Deputados aprovou em sessão extraordinária o projeto de lei para a criação de dois parques marinhos na Argentina: Yaganes e Namuncura Banco Burdwood II, de modo que com a metade sanção alcançada, uma política estatal sobre a conservação do meio ambiente começa a se materializar. A meia sanção e o projeto de lei agora têm a chance de se tornar lei, como será tratado em 12 de dezembro no Senado. O Mar Argentino compreende 36% do território do país e apenas 2,6% está protegido. Com a criação dessas duas áreas, a área protegida total triplicaria para 126.000km2, aproximando o país do compromisso de proteger 10% de suas áreas marítimas até 2020. As novas zonas marinhas beneficiariam o sector das pescas criando condições de acesso a mercados competitivos e contribuiriam para a manutenção de ambientes saudáveis para a renovação dos recursos haliêuticos. Martín Parlato, CEO e fundador da Posibl., uma empresa multimídia especializada no desenvolvimento de conteúdo, iniciativas e campanhas de impacto social e um dos promotores do movimento www.sinazulnohayverde.com, falou com a Télam e expressou a importância deste passo dado na Câmara dos Deputados de a Nação. “É um grande legado que foi vai criar para todos os argentinos, disse Parlato porque estamos falando de triplicar a área de proteção marinha, deixa para gerações que vêm um grande benefício ambiental”. É um dos mares mais ricos do mundo, com espécies únicas, algumas das quais estão ameaçadas por isso também a necessidade imperativa de proteger essas áreas. “Há agora mais de 60 espécies em perigo de extinção e vemos o governo se comprometendo - disse o presidente Macri quando assumiu que iria expandir as áreas protegidas do mar - em parceria com o trabalho incansável das organizações da sociedade civil.” Desde a proposta da hashtag #SinOcéanosNoHayVida, a iniciativa foi disseminada e mais de 30.000 pessoas assinaram a petição, bem como a participação de artistas como Benjamin Amadeo assumiu o papel de propagar e fornecer informações sobre a necessidade de cuidar da posteridade nesta área do ecossistema. Fonte: Telam

Data de publicação: 11/12/2018

Compartilhar
Classifique este item
0/5

Temas

Escrever! Notas do leitor

Vá para a seção

Comentários


Não há comentários

Deixe um feedback


Comentários

Tradições
Tres fiestas nacionales en La Pampa Três feriados nacionais em La Pampa

Engenheiro Luiggi, Eduardo Castex e Victorica recebem três feriados nacionais.

Argentinos em todo o mundo
santafesinos por el mundo Uma rede de santafesinos está chegando ao redor do mundo

Do Conselho de Capital Provincial eles elaboraram esta proposta inovadora para santafesinos em todo...

História
Perón Perón no exílio: o general em seu labirinto

O líder justicialista dominou a política por doze anos, efetivamente no governo, e diecocho à distân...

Saúde e Estética
Patrick Sassoli 2 Hidratação ou desidratação? Parte 4

Planejando uma estratégia adequada no reabastecimento de líquidos durante os treinos.

Artigos


Eu quero estar atualizado

Assine a nossa newsletter e recebi as últimas notícias